IMG_1448.jpg

eu tenho fé na força do silêncio"

confio mais do que acredito.
sinto mais do que penso.
questiono mais do que sigo.


encontro na terra tudo o que preciso pra guiar meu corpo com saúde, minha mente com sabedoria e meu espírito em paz.

meu  encantamento pela vida vegetal é antigo, e talvez seja explicado devido a convivência com animais, mato, pés descalços e toda a liberdade para desenvolver uma boa imaginação na infância.

posso dizer que estas condições foram bem importantes para que eu treinasse o meu olhar investigativo e curioso sobre as folhas, as frutas, os galhos, e as formas lindas e orgânicas que só a natureza é capaz de criar.

mais a fundo, este olhar me ajudou a questionar a sustentabilidade e a responsabilidade sobre a criação. E foi neste ponto que as coisas mudaram.

De onde vêm e para onde vão as nossas criações? O que elas deixam fisicamente no mundo?

Te convido a responder estas questões e a partir daí você tem dois caminhos a seguir: se envolver com uma estratégia da tragédia, ou se conscientizar e buscar por uma estratégia da mudança. E então? 

 

Bom, se você respondeu às perguntas e optou por construir uma estratégia da mudança, nós estamos no mesmo caminho, buscando um mundo melhor e criando condições propícias à vida.

Seguimos junta(o)s, Iara.